Encontre um imóvelAnuncie seu imóvel
15 de dezembro

Mercado imobiliário em 2022: o que esperar?

2021 está acabando, e com isso, todos os setores começam a se questionar sobre o próximo ano, e com o setor imobiliário não é diferente. Os anos de pandemia parecem estar caminhando para o seu fim, apesar das incertezas, com isso, as mudanças podem ser bruscas. Mas, afinal, o que esperar do mercado imobiliário em 2022?

Além da pandemia, outros fatores impactam em um dos mercados mais importantes para a economia do Brasil e do mundo. Neste texto, a Solare Imóveis traz para você, as principais tendências para o mercado imobiliário em 2022, seja para quem comprar ou vender um imóvel ou investir. Para conhecer o que os especialistas preveem para o próximo ano, basta continuar a leitura!

O que esperar do mercado imobiliário em 2022?

1.  Projetos sustentáveis

Uma tendência que a cada ano cresce e no mercado imobiliário em 2022 não será diferente, é a sustentabilidade nos novos projetos. Se você está sempre atento aos novos projetos de construtoras, já percebeu que seus projetos para os próximos anos possuem muitas tecnologias. A maioria delas voltada para a sustentabilidade, como painéis solares e aparelhos para a reutilização da água. 

O conceito de arquitetura sustentável se expande cada vez mais devido à alta demanda. Isto porque, tanto os investidores quanto compradores estão aderindo a empreendimentos sustentáveis. O motivo? Do ponto de vista econômico, a sustentabilidade é um bom negócio, com custo dos materiais e construção mais baixo. Além de influenciar no bem-estar dos moradores.

2. Mais processos digitais 

Que o mundo está cada vez mais digital, isso não é novidade para ninguém. A tendência da tecnologia nas imobiliárias é algo que cresce a cada ano, e, com a pandemia, teve um crescimento estarrecedor. Com a necessidade do distanciamento social, os processos antes feitos de forma presencial passaram a ser feitos remotamente.

Dessa forma, outra característica que tende a aumentar no mercado imobiliário em 2022 é a desburocratização dos processos. Sabe aquela enorme quantidade de papéis e documentos necessários para uma transação imobiliária? Ela a cada ano irá diminuir, até, quem sabe algum dia, desaparecer e se tornar completamente digital.

3. Procura por imóveis maiores

Outra tendência forte para o mercado imobiliário em 2022 é a alta na procura por imóveis grandes, de 3 quartos, por exemplo. Com a necessidade de ficar em casa, as pessoas passaram a se preocupar com a convivência dentro dela, refletindo no seu espaço. Por isso, as famílias buscam imóveis maiores, facilitando a rotina diária com um espaço maior.

O home office, outra tendência que se fortificou com a pandemia, tende a continuar mesmo com o seu fim. Dessa forma, as famílias buscam por imóveis maiores, para tornar um dos quartos, um escritório em casa. 

4. Áreas de lazer

Seguindo a mesma linha de raciocínio do item anterior, ao passar mais tempo em casa, outras necessidades foram surgindo, uma delas é a área de lazer. Em condomínios verticais e horizontais essa tendência é ainda mais importante.

Um condomínio com área de lazer completa oferece para os moradores uma maior qualidade de vida, conforto e segurança. Uma área de lazer atrativa inclui playgrounds, quadra de esportes, academia, lavanderia, salão de festas, entre outros. 

Para aqueles que já investiram em imóveis com área de lazer, este pode ser o momento ideal para revendê-lo, devido a alta procura. Mas, para quem pretende investir, 2022 é o ano ideal. 

5. Carteira de crédito maior

A carteira de crédito imobiliário é a quantia oferecida pelas instituições financeiras para adquirir um imóvel através do financiamento. Para o ano de 2022, é previsto que os principais bancos aumentem suas carteiras de crédito imobiliário. Com isso, no próximo ano é previsto o recorde de financiamentos imobiliários no Brasil.

Para quem está pensando em comprar um imóvel com financiamento, o próximo ano pode ser o ideal para você. Até mesmo para quem está vendendo, já que a alta do carteiro de crédito, mais pessoas irão financiar imóveis. 

6. Estabilidade 

O mercado imobiliário é um dos mais estáveis que existem, o que foi comprovado com a pandemia. Apesar da queda de números de diversos segmentos, o mercado imobiliário se viu estável, e até mesmo com crescimento notório nesse período.

Por 2020 e 2021 ter sido marcado pelo forte crescimento deste mercado, para o ano de 2022, a previsão é de estabilidade. Isto de acordo com a previsão inicial dos especialistas.

E aí, gostou de conhecer as principais tendências para o mercado imobiliário em 2022? Para receber mais conteúdos como este, siga a Solare no Facebook e Instagram!

Receba em seu e-mail
nossas melhores novidades

    2021 © Solare Imóveis - Todos os direitos reservados
    Desenvolvido e otimizado por WEBi